Resenha : Estilhaça-me por Tahereh Mafi

9.3.14

ISBN : 9788563219909

Editora : Novo Conceito

Páginas : 304



  Oi gente, tudo bem ? Gente eu acabei de ler Estilhaça-me e só tenho uma coisa a dizer. Que livro MARAVILHOSO. Gente eu acabei enrolando um pouco pata terminar o livro, mas não foi porque o livro estava chato, mas sim porque eu não estava num tempo de leitura, mas eu peguei o livro para ler agora a pouco e devorei ele muito rápido.

  Estilhaça-me conta a história de Julliette, uma garota que tem um grande dom. Um dom que ela odeia. Um dom terrível. Eu até queria ter este dom.  O dom de Juliete é o seguinte, quando ela toca numa pessoa ela mata a pessoa, e por isto ela está presa 264 dias pelo Restabelecimento. Juliette sempre foi rejeitada por todo mundo, até os pais dela tinham vergonha e medo da filha que tinha. Esta é uma época bem avançada dos dias de hoje, e segundo a autora, não existe mais ar puro, não existe arvores floridas, é raro encontrar frutas, e até mesmo os pássaros não voam mais. Por isso um dia surgiu o Restabelecimento, fazendo promessas de que iria consertar tudo e todos viveriam como os tempos de antigamente, e para eles Juliette era um perigo para a sociedade, e por isso a prenderam. 

  Nesta data, quando faz 264 dias que Juliette está presa ela recebe um novo companheiro de cela. Um menino chamado Adam, cujo os dois já se conhecem mas ainda não se lembram um do outro, e assim Juliette acaba mostrando para ele como é as coisas lá, até que ela descobre que Adam era um impostor que trabalhava para Warner, o filho do líder do Restabelecimento. Warner sempre quis ter Juliette em suas mãos por um objetivo. Usa-lá como uma arma em meio a guerra, mas Juliette se recusa a trabalhar a favor disto, e com isto Warner tenta conquistar a menina, que depois de um tempo começa a viver algo mais intenso com Adam.

  Gente como eu AMEI esse livro. A narrativa da autora torna Juliette tão real, com defeitos e qualidades tão humanas que eu realmente posso afirmar que é uma das minhas personagens femininas favoritas. Juliette não é aquele tipo de garota mesquinha, ela simplesmente não quer ferir ninguém, mas quando é preciso ela não pensa duas vezes. 

  Antes de ler este livro eu li muitas resenhas sobre ele e vi muita gente tirando uma estrela do livro pelo simples fato de não entender e achar confusa a autora riscar algumas palavras. Mas se você parar para entender é super criativo, ela simplesmente quis mostrar coisas que nós fazemos no nosso dia a dia que é, falar uma coisa mas querendo dizer outra, e a forma da autora mostrar isso foi usando estes riscos, e eu sinceramente gostei muito dessa ideia.

  Agora o romance do livro. Gente é um dos romances mais bem construídos se não for o melhor que eu já vi em toda a minha vida. É um amor tão intenso, e não é algo repentino igual daqueles livros que o personagem vê alguém, se apaixona e alguns capítulos depois eles já estão casando. Esse é um romance que acontece aos poucos e eles vivem momentos tão intensos que eu posso dizer que foi o romance que mais me causou sentimentos e aflições. 

  Sobre a narrativa da autora. Espetacular. Ela sabe narrar cada fato e dar tanta vida aos personagens que é de te deixar apaixonado por cada um deles. O James, irmão de Adam é um personagem que não aparece muito, mas que te deixa apaixonado, é uma criança tão fofa e meiga. E o final. Gente que final foi aquele. No final acontece coisas totalmente fora daquilo que você já imaginou. A autora consegue te surpreender e te deixar com água na boca para ler o próximo.

 Bom, eu amei o livro, recomendo para todos e espero que tenham gostado da resenha. Tenho certeza de quem não perde uma boa distopia vai amar este livro. E se você já leu, deixe nos comentários a sua opinião sobre o livro. Um beijo e abraço para todos e até mais.

Também poderá gostar de

4 comentários

  1. Oi Gustavo

    Eu já li esse livro e não gostei muito , mas que bom que achou a narrativa da autora boa, eu pretendo ler a continuação assim mesmo quem sabe eu goste mais do que o primeiro.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa

      Nossa, uma pena você não ter gostado, mas leia a continuação, quem sabe você não se anime mais. E eu realmente amei a narrativa da autora, ela detalhou os fatos sem deixar a história cansativa e isso me conquistou muito.

      Beijos

      Excluir
  2. Gostei bastante da sua resenha e fiquei feliz em saber que o romance do livro não é algo superficial e repentino. Detesto livros assim. Fiquei com vontade de ler a obra.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e leia que você não irá se arrepender. Eu também não gosto de romances repentinos e fiquei muito feliz com o romance que a autora construiu !

      Abraços

      Excluir