Resenha : Cidade de Vidro por Cassandra Clare

17.4.14

 

 ISBN : 9788501087164

Editora : Galera Record

Páginas : 476

 

 

 E ai gente, tudo bem ? Estou muito bem. Principalmente depois de eu ler este livro que eu estava esperando muito e estava com as expectativas e tenho que dizer uma coisa. Clare superou minhas expectativas e me deixou de queixo caído com esse livro fantástico.

 Cidade de Vidro é o terceiro livro da série Os Instrumentos Mortais escrito pela autora Cassandra Clare. Bom, neste livro a cidade dos Caçadores de Sombras é o lugar onde se passa tudo. Idris, ou Cidade de Vidro, é o lugar onde os Caçadores de Sombras foram originados e o lugar é fantastico, e com barreiras que os protegem que qualquer demônio. 

 Neste livro Valentim está atrás do terceiro instrumento mortal, o Espelho Mortal, e com esse instrumento ele poderia estar invocando o anjo Raziel. Todos vão para Alicante, a capital de idris, para explicarem o que aconteceu no navio quando Os caçadores de sombras lutaram contra Valentim. De repente, de uma hora pra outra, Clary se vê em Alicante, pois precisa encontrar um feiticeiro que poderia acordar sua mãe. 

 Valentim ataca Alicante e consegue derrubar as barreiras demoníacas, e entra em guerra com a Clave. Porém ao amanhecer Valentim vai embora com seu exercito Demoníaco e avisa que ou a Clave se entrega e fica sobre os comandos de Valentim ou eles entram em guerra e Valentim matará todos com seu exercito.

 Gente esse livro para mim foi o melhor da série até agora. Ele é simplesmente fantastico. Eu estava com muitas expectativas para esse livro porque eu sabia que se passaria em Idris e ao começar a ler já fiquei fascinado pelo mundo que a autora criou. 

 Esse livro me cativou muito. Esse é um livro em que a autora acaba falando mais sobre o governo dos caçadores de sombras, a Clave, e foi o pior governo que eu já vi. A politica de Alicante é simplesmente ridicula. Eu gostei muito também dos novos personagens na história como Aline e Sebastian. Quando Sebastian começa a se envolver com Clary eu gostei bastante porque não apoiava ela com Jace, mas não se deixem enganar pelo Sebastian tá (Dei um spoller na cara de todo mundo agora). 

 Amei Valentim ter derrubado a barreira de Alicante para dar um tapa na cara da Clave, pois eles são muito convencidos. Nesse livro a autora fala mais sobre Simon e sobre seu dom de ser um diurno. Ela não explica exatamente porque ele tem este dom, mas não precisa ser um gênio para descobrir. 

 A autora também remexeu mais no passado dos personagens e eu amei conhecer um pouco mais sobre cada um. Ela conseguiu ligar pontos do primeiro livro que você achava que não daria em nada e fez uma grande surpresa neste livro. Ela realmente não deixa nada passar em vão. 

 Acho que este é aquele livro que define a autora. Esse pra mim foi um livro que botou na minha cabeça que CASSANDRA CLARE É A MELHOR AUTORA DE TODAS ( minha opinião, respeitem ). Ela realmente se superou em questão aos outros livros e posso dizer que estou simplesmente louco para ler o resto da série.

 Ah, e antes que eu me esqueça. O final desse livro foi magnifico. Eu esperava toda aquela guerra e tudo mais, mas ela mudou isso de um jeito ótimo que eu adorei. Esse livro realmente pra mim foi o melhor até agora e indico a série para todo mundo. Muitas pessoas gostam de ficar comparando as séries com "Ai é tipo crepúsculo mais um pouco diferente", "É legal mais Harry Potter é melhor". Não se deixem levar por comentários deste tipo, pois se não estarão perdendo a oportunidade de ler um livro fantástico. E aqui entre nós. Os Instrumentos Mortais é muito melhor que Harry Potter e Crepúsculo. 

 Um abraço em todos e não se esqueçam de comentarem o que acharam do resenha. Tchau !
 

Também poderá gostar de

0 comentários