Resenha : Dark House por Karina Halle

8.9.14


ISBN : 9788567028392
Editora : Gente
Páginas : 349




  Bom, Dark House vai contar a história de Perry, uma garota que de uns tempos pra cá está tendo pesadelos estranhos onde ela se encontra em um lugar escuro e alguém tenta mata-lá. Um dia, quando Perry vai passar o final de semana na casa de seu tio Al, ela decide explorar o farol antigo que é propriedade de seu tio, mas que ele abandonou por ter medo do lugar.
 
 E então, explorando o farol, Perry percebe que coisas estranhas começam a acontecer, como por exemplo, ela descobre que aquele é o lugar em que ela se encontrava em seus sonhos, e procurando por uma saída ela encontra Dex, um cameraman que está gravando o lugar para ver se sua teoria de que existe um fantasma no farol é verdadeira, e então com ajuda de Dex, Perry consegue sair dali. 
 Passados alguns dias eles decidem gravar um programa para um site de séries na internet, e então eles precisam explorar o farol e de uma vez por todas descobrir o que existe de tão assombrado naquele farol. E com o tempo descobrem que tem muito mais coisas que os ligam do que um simples farol mal assombrado.

 Gente, eu adorei o livro. Mas assim como tudo que é muito perfeitinho, esse livro também teve defeitos, defeito que por sinal eu tirei 1 estrela na nota final. O livro é ótimo, os personagens, apesar de confusos, são bem criados, e o ambiente que a autora criou também foi super bem criado, sem contar os personagens aterrorizantes do livro. 

 Mas o que não deu pra perdoar neste livro foi o fato das cenas de maior ação serem narradas muito por cima. Assim, a autora consegue se expressar bem e conta as coisas de uma forma que da para entender. Porém, o entendimento não é tão fácil assim, o que torna algumas partes confusas, que no meu caso, eu tive que reler o capitulo inteiro para conseguir entender. Mas fora disso, foi só amores com esse livro. 

 A forma como ela ter facilidade para descrever as cenas de terror é surpreendente, e se você acha que pelo fato de ser tudo escrito não da medo, você está completamente errado, pois tem partes muito aterrorizantes no livro, assim como também tem aquelas partes mais leves. Mas no final, o livro dá um pouco de medo sim, e como foi meu primeiro livro de terror, eu adorei.

 Ah, e pra finalizar eu tenho que falar um fato que (é quase um spoiler, mas não posso deixar de dizer) foi simplesmente revoltante para mim. Não rolou romance no livro inteiro. Tipo "hã ?". Eu sei que o primeiro livro (sim, é uma série, e pelo que eu vi pesquisando, são mais de 9 livros) é mais introdutório, e que não tem que focar muito no romance, mas sabe o que é ficar o livro todo aguardando por um selinho ? Foi isso que houve comigo. Faltava 1 página pra eu acabar a leitura e que estava rezando para pelo menos um selinho, que por acaso, não existe neste livro. 

 Mas agora que eu já me acalmei, percebi que foi até melhor a autora não focar o primeiro livro no romance, e isso acabou dando um ar mais aterrorizante para a história. Mas por fim, eu recomendo muito o livro para todos, porque o livro é extremamente ótimo (tirando a confusão da autora). Espero que tenham gostado da resenha, e não esqueçam de comentar o que acharam.
 Um beijo e até mais ! 

Também poderá gostar de

0 comentários