Resenha : Desafio por C. J. Redwine

20.9.14


ISBN : 9788581634395
Editora : Gente
Páginas : 368




 Numa terra destruída pelo Maldito, um monstro libertado após uma escavação, as pessoas tiveram que morar em cidade-estado, protegidas por muralhas e barreiras para que estivessem seguras do monstro que cospe fogo e que é o mais temido foda das cidades.
 
 A história realmente começa, quando Jared Adams, um mensageiro, foi enviado a uma cidade, e não voltou; deixando sua filha, Rachel, sem um protetor. Ao passar muito tempo que Jared estava desaparecido, ele foi dado como morto, e como as regras determinam, Rachel precisava de um novo protetor, que foi escolhido pelo Comandante, que escolheu Logan, um menino órfão que foi adotado por Jared quando ele era pequeno.
 
 Rachel não aceita ter Logan como seu protetor, pois a alguns anos, quando ela ainda o amava, ela se declarou para ele, e ele rejeitou seus sentimentos. Mas agora, Rachel e Logan precisam conviver juntos, e sair da cidade de Baalboden para procurar por Jared, que segundo Rachel, ainda está vivo.
 
 E assim começa a aventura do livro, quando Rachel e Logan precisam sair da cidade, mas com a obrigação de ir procurar um pacote que Jared escondeu nas Terras Ermas para não ser entregue ao Comandante.

 Esse foi um dos melhores livros que eu li neste ano, e olha que o ano já esta acabando hein. Essa foi sem duvida a melhor distopia que eu já li na minha vida. Os personagens são bem escritos, os conflitos, o ambiente foi bem criado, e as cenas de ação são ótimas, que para mim foram o ponto forte do livro.

 A narrativa da autora é maravilhosa, e como os capítulos alternam o narrador, nós acabamos nos apaixonando por cada personagem, pois vemos o ponto de vista de cada um. Rachel foi a minha personagem preferida. Ela é forte, destemida, corajosa, e tem todas as outras qualidades que uma menina forte deve ter. Ela é aquele tipo de menina, que mata se tem que matar e morre por quem tenha que morrer. E o que eu adorei nela, foi que depois de perder quase todos que ela ama, ela se torna fria, e com um coração de pedra, mas mesmo assim ela ainda continua a menina doce e amável por dentro, o que acaba ajudando no romance do livro.

 O vilão deste livro foi simplesmente maravilhoso. O comandante é um homem frio, e que te da medo só de olhar para ele. E como eu sou apaixonado por vilões, esse não poderia deixar de ser meu preferido. Hoje em dia, os autores estão com a mania de criar vilões bonzinhos, ou que vá se tornando uma pessoa melhor. E não é isso que um vilão tem que ter. Um vilão tem que ser cruel, e é exatamente isso que o Comandante é, e por isso que ele se tornou o meu vilão preferido. 

 Bom, no fim, a história foi maravilhosa. Com certeza um dos melhores livros que já li, e sem sombra de duvidas é a partir de agora minha trilogia distópica favorita. Recomendo muito o livro e espero que tenham gostado da resenha. Não se esqueçam de comentar a opinião de vocês.

 Um beijo e até mais ! 


Também poderá gostar de

1 comentários

  1. Olá,
    Adorei a resenha, conheço a autora e o trabalho dela é impecável. Parabéns pelo blog.
    Abraços,
    Matheus
    http://apocalipseliterario.wix.com/apocalipseliterario

    ResponderExcluir