Resenha : Insurgente por Veronica Roth

6.12.14

ISBN: 9788579801556
Editora: Rocco
Páginas: 512






 Oi gente, tudo bem? Hoje vim trazer a resenha do livro Insurgente para vocês, que foi um dos livros que eu comprei no Black Friday e que eu amei.

 Insurgente é o segundo livro da Trilogia Divergente, escrita pela autora Veronica Roth, onde a história é narrada em primeira pessoa pela protagonista Tris
 Como vimos no livro anterior, a trilogia vai se tratar de um mundo distópico, onde a civilização é dividida em 5 facções. Audácia, Abnegação, Franqueza, Amizade e Erudição. Com a quase completa exterminação da facção Abnegação, a Erudição toma maior poder sobre a civilização, dividindo as facções e controlando maior parte de toda a população com suas simulações macabras. Tris e seu amado Tobias, tem a função de se defender e ao mesmo tempo acabar com o governo da Erudição, que tem como foco no momento acabar com todos os Divergentes e estuda-los para saber como controla-los. E é assim que o livro vai ser repleto de aventuras e emoções, onde Tris e seu grupo se unirão a grupos errados e grupos certos, mas que no final acabará resultando em um único destino para toda a população.

 Bom gente, eu amei muito, muito e muito este livro. Pra mim conseguiu superar o primeiro, e por mais que pareça estranho, eu gostei mais deste livro justamente pelo fato de nesse livros eles focarem muito no governo atual e no governo anterior, e pra mim isso foi a grande sacada do livro, pois eu adorei conhecer mais sobre as facções, suas manias, e como elas se dão entre si.

 Um outro fato que eu também gostei bastante nesse livro foi o modo como a Tris pensa e lida com as coisas que acontecem em sua volta. A Tris pra mim é a protagonista que eu mais gosto, e pra mim é a mais bem criada, com seus defeitos e suas qualidades bastante reais para qualquer personagem.

 Gostei também da forma como a autora nos manipula durante o livro, fazendo com que nós pensemos da forma como ela quer para que possamos ser surpreendidos no futuro, e não é qualquer autor que tem a habilidade para fazer isso.

 E também outra coisa que eu amei e que tiveram muito mais destaque neste livro foram os personagens secundários. Gostei de ver como eles evoluíram devido aos acontecimentos do livro passado, e como eles lidam com isso e com eles mesmo ao mesmo tempo. Meu personagem secundário preferido foi tanto o Peter ( não me matem por favor ) quanto a Lynn, que foram essenciais no livro e em tudo que acontece. 

 Uma coisa que eu vi bastante gente reclamando e que como eu já disse eu gostei bastante, foi que nesse livro a autora da muito, mas muito foco para o governo e as facções, e por mais que em alguns momentos tenha ficado meio cansativo, nunca ficou repetitivo, e eu acho que isso foi essencial para o desfecho da história, pois se não fosse cada segredo que as facções escondem, a história não seria a mesma e com certeza não teria terminado maravilhosamente do jeito que terminou.

 Por fim, só tenho a dizer que o livro conseguiu superar o segundo, e eu realmente amei. Indico a todos a trilogia toda, e se você leu o primeiro livro e não gostou muito, dê uma chance ao segundo livro, que por mais que tenha tido algumas criticas negativas, ele é repleto de ação e momento emocionantes de tirar o folego. Espero que tenham gostado da resenha e comentem aqui embaixo o que vocês acharam da resenha; se já leu o livro; se ficou com vontade de ler, e qualquer outra coisa sobre o livro e a resenha em geral. 

 Um beijo e até mais!






Também poderá gostar de

2 comentários

  1. Eu sou suspeita (muito) pra falar da saga, porém vou falar assim mesmo shdush
    Eu simplesmente amei insurgente pelo fato de que alguns capítulos prendem você de um maneira inexplicável, fora os acontecimentos inimagináveis que compõem o livro.
    Achei meio cansativo algumas partes detalhadas demais, ou seja, que pra mim não tinha tanta importância de ser narrada, mas nada que estragasse o livro, ao contrario disso.
    Concordo com você pois eu gostei muito de como Insurgente destacou os personagens secundários, nos permitindo conhecer mais sobre cada um.
    Simplesmente estou louca pra ver a adaptação do livro nos cinemas porque além de tudo, me surpreendi de como Divergente foi bem atuado.
    Adorei sua resenha Gus :)
    Bjs, Lin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tambem gostou do livro LIN.
      Eu também estou doido para ver a adaptação pro cinema (se bem que não vi Divergente até hoje acredita?)
      Mas enfim, obrigado pelo super comentário e por ter gostado da resenha :)
      Um beijo

      Excluir