[Off] Texto: Quantas promessas fiz a você?

17.2.16

Passávamos horas ao telefone, sem ter o que dizer. Só jurávamos amor eterno. Dizíamos com toda certeza que éramos feitos um para o outro.
Foram muitas noites em branco escolhendo os nomes dos três filhos que íamos ter, e o local perfeito para o nosso casamento. Aos dezesseis anos não é nenhum pecado sonhar.
Sei o quanto o barulho do meu ventilador e o fato de eu não saber beber incomodavam você. Não vou negar que sempre soube que o meu sorriso de canto fazia você me querer.
Você repetia os mesmos elogios todas as noites, tocava o meu rosto e me dizia que eu era o amor da sua vida.
Não me arrependo de nenhuma palavra que disse a você. Jurava amor, agora só juro que não menti sobre nada. Te amei, eu sei, e foi na maior intensidade que pude.
Perdi as contas de quantas vezes nos perguntamos se era "cedo demais". Você foi o amor da minha vida por algum tempo. Agora me diz que vou achar a pessoa certa pra mim. Você já foi essa pessoa,e sabe tão bem quanto eu.
Nenhum amor e desperdício. Só aqueles que não são vividos.
Nós vivemos bem esse amor. E agora, vivemos bem longe.
                                                                     
-Autora: Amanda Medeiros.

Oi,tudo bem com vocês?
Bem, eu trouxe um dos meus textos mais recentes e espero que vocês gostem.
Comecei a escrever com uns dez anos e soube na mesma hora que isso seria algo que eu faria sempre. Eu Sempre gostei de escrever textos intensos, com sentimentos e inspirações reais. Esse é um deles.
E ai, o que acharam?

Também poderá gostar de

22 comentários

  1. Oii, tudo bem?
    Aí guri, tu me fez chorar, já aconteceu tantas coisas em relação a promessas na minha vida, que fizeram que eu relembrasse alguns momentos que realmente me marcaram,eu não sinto falta. Mas, aquele sentimento fica e nunca saíra de mim.
    Eu realmente espero que tenha mais textos assim, soube me cativar e me fazer ficar emocionada, coisa que não é muito fácil kkkkkkk estou com o coração mole hoje.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Nossa me identifiquei muito com esse texto, até porque já fiz muito isso (quem nunca né?) e hoje a decepção para mim e enorme. Lindo! Parabéns

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    Achei lindo o texto! A sua maneira de escrever se assemelha muito à minha, mas nem sempre gosto de postar textos pessoais, por questões que não vêm ao caso agora. kkk Mas quero parabenizá-la por seu incrível talento, Amanda! Você tem um futuro brilhante na escrita. Fazer alguém sentir o que você sente através de palavras...é belíssimo! Continue assim, viu? Vou ficar acompanhando vocês. :D

    Beijos
    Te convido a me visitar, também! ♥
    • Sentido Literário •

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto, parabéns!

    Acho que algumas pessoas tem o dom de escrever maravilhas e você é uma delas. Sucesso ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  5. Quase chorei com seu texto, você escreve tão bem a ponto de me fazer com que me identifique com o que esta sendo descrito e relembrar fatos a ponto de quase chorar.


    Frases, Trechos e Pensamentos

    ResponderExcluir
  6. Olá, gostei muuuito do seu texto! Concordo, aos 16 é permitido sonhar com mil futuros, e tudo o que acontece serve como experiência.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que fofo, lembrei quando tinha 15 anos, de meu primeiro namorado, muito bacana, e concordo, 'Nenhum amor e desperdício. Só aqueles que não são vividos.' parabéns pelo ótimo texto.

    ResponderExcluir
  8. Hey Amanda! Bonito texto. Não me identifiquei muito pois nunca fui muito romântica nem costumo acreditar em promessas de namorado, paqueras e etc kkk. Sou mais pé no chão pra esse tipo de coisa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Amanda! Muito bom seu texto, apesar de eu não ter me identificado, mas isso tem um morito, pois nunca fiz a linha romântica e ao contrário de muitas amigas minhas, não tive ainda nenhum namorado, apenas rolos e nada concreto. Apesar de adorar ouvir uma história de amor rsrs...

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Gostei muito do texto! Só não me identifiquei com a personagem que fica horas no telefone, jurando amor eterno e pensando no nome dos filhos. Sou menos sonhadora do que ela.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Oiiie
    muito legal o texto, acho que todos nós já tivemos um amor que nos decepciona no final e nos marca desde então, faz parte né?

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie,

    Eu tento não fazer muitas promessas ainda não fiz promessas junto ou para outras pessoas, estou numa vibe pensando apenas em mim, e no meu futuro daí quando alguém aparecer nós iremos planejar muitas coisas ❤ Amei o texto ❤❤

    Mayla

    ResponderExcluir
  13. Hey,
    Acho que o seu texto transparece bem o amor na adolescência e como ele pode ficar na memória. Algo um tanto agridoce e que sempre fica em nossa memória. Parabéns pelo texto.
    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem? Adorei o texto. Apesar de triste, me identifiquei, já passei (acho que todo ser humano já passou) por um momento parecido.

    ResponderExcluir
  15. belo texto. quando tinha uns 14, 15 anos comecei a escrever mas era cada porcaria que acabei queimando tudo... ai mais pra frente, quando criei o blog, comecei escrevendo novamente, mas mesmo assim, não melhorou muita coisa... quem dera saber fazer textos assim...

    ResponderExcluir
  16. Oii
    Texto lindo! Coisas do amor são assim! Mas como bem disseste nenhum amor e desperdício. Por isso devemos amar sempre! Bjus

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Amei seu texto! Muito tocante e profundo. Além de um grande amor, ele retrata também os momentos por quais todos nós um dia já passamos ou iremos passar. Muito real.

    ResponderExcluir
  18. Aos dezesseis anos geralmente estamos vivendo nosso primeiro amor e como ele é intenso e acreditamos ser para sempre. E quando acaba e como se tivéssemos morrendo. Eu já me senti exatamente assim. E acho que uma parte minha sempre vai sentir falta desse amor de Conto de fadas.
    Tenho uma história muito bonita sobre meu primeiro amor.
    Mas outros amores vem, com o tempo se tornam mais maduros e com os pés na realidade. E tem seus encantos também...
    Seu texto mexeu comigo. Você me fez ter recordações. Parabéns, está lindo.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Achei tão desesperador. Gosto dos romances de livros e tal, mas pessoalmente não sou então não me 'achei' no seu texto. Mas adorei a leitura.

    ResponderExcluir
  20. oi
    amei seu post...ainda não passei por uma situação assim...
    mas adorei seu texto...ansiosa para o próximo.
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Achei o texto bem bonito e delicado, também acho válido sempre viver um amor da forma mais intensa que conseguirmos nos deixar viver.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Oii, tudo bem?
    Muito bonito o texto, também acho que todo amor é válido, só basta aprender a aproveitar.

    Beijos

    ResponderExcluir