Resenha: Enquanto Bela dormia, por Elizabeth Blackwell

24.2.16

Título: Enquanto Bela Dormia
Autor (a): Elizabeth Blackwell
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Gênero: Drama, Romance, Releitura
ISBN: 9788580414790
 Nos salões de um castelo, uma confidente leal guardou por muitos anos os segredos de uma rainha linda e melancólica, uma princesa que só queria ser livre e uma mulher que sonhava com a coroa. Esta é sua história. Ambientada em meio ao luxo e às agruras de um reino medieval, esta releitura de A Bela Adormecida consegue ser fiel ao clássico ao mesmo tempo que constrói uma narrativa recheada de elementos contemporâneos. Nessa mescla, os dramas de seus personagens – um casal infértil, uma jovem que não aceita viver em uma redoma e uma família despedaçada pela inveja – tornam-se atemporais. Quando a rainha Lenore não consegue engravidar, recorre aos supostos poderes mágicos da tia do rei, Millicent. Com sua ajuda, nasce Rosa, uma menina linda e saudável. No entanto, a alegria logo dá lugar às sombras: o rei expulsa de suas terras a tia arrogante, que então jura se vingar. Seu ódio se torna a maldição que ameaça a vida de Rosa. Assim, a menina cresce presa entre os muros do castelo, cercada dos cuidados dos pais e de Flora, a tia bondosa e dedicada do rei que encarna a fada boa do conto original. Mas quando todas as tentativas de proteger Rosa falham, é Elise, a dama de companhia e confidente da princesa, sua única chance de se manter viva. 
 Ao perder a sua mãe, seu porto seguro, Elise decide mudar de vida e deixar seu pai, que nunca a tratou como filha. Vinda de uma família miserável e repleta de problemas, Elise descobre uma ambição muito grande ao ser contratada para trabalhar no palácio como camareira.

 Diferente das jovens com quem trabalhava, Elise dispunha de grande discrição e educação. Isso fez com que ela conseguisse subir rapidamente degraus que outras jovens da criadagem não alcançariam com anos de trabalho.

 Ao iniciar seus trabalhos para a rainha Lenore, Elise ganha a afeição e confiança da rainha e passa a ter acesso a todas as informações que cercam o reino. A infertilidade da rainha trouxe muita tristeza e fez o seu casamento esfriar. O desejo de ter um filho fez a rainha recorrer aos poderes da tia do rei, Millicent. Mas com a chegada da tão esperada princesa, tudo na vida de Elise e de todos do reino mudou drasticamente.

 A criança nasce sob uma maldição lançada pela feiticeira, o que fez com que a princesa passasse sua mocidade entre os grandes muros do castelo. A menina se descobre muito curiosa e cheia de sonhos de liberdade, o que fez com que a sua criação fosse mais conturbada do que o esperado.
 O livro consegue ser fiel ao clássico e ao mesmo tempo constrói uma narrativa repleta de elementos da atualidade. A fantasia da história não é abafada pela sensualidade surpreendente que cerca as personagens e a autora instiga o leitor a continuar a se aventurar pela história com descobertas espalhadas por todo o livro.

 Colocar a narrativa em primeira pessoa foi algo que tirou um pouco o encanto da história. Mas isso não foi nada ruim, pelo contrário, fez com que o leitor tirasse da cabeça a imagem de um pai contando a história ao filho antes de dormir. Afinal, esse não é um livro de criança.

 Enquanto Bela Dormia é um livro muito bom. Confesso que fiquei com o pé atrás por ser uma releitura de um conto de fadas, coisa que geralmente não me agrada, mas a autora soube caracterizar as personagens de forma que o leitor simpatizasse com elas, e colocou a historia de maneira muito gostosa e interessante.

 Não é um livro que eu leria novamente pelo simples fato de não me identificar muito com ele, mas é uma boa pedida pra quem curte histórias encantadas e cheias de fantasias.

Também poderá gostar de

5 comentários

  1. Oii, tudo bem?
    Eu tenho um super amor por histórias encantadas e belas dessa maneira, acho que seria uma ótima leitura para mim, pena que para você não foi aquele livro de parar o mundo.
    Beijão *-*

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Nossa to doida pra ler esse livro, sério a capa me deu curiosidade, e amei sua resenha, parabéns, seu blog também e uma graça <3
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha visto falar desse livro e achei muito bacana a inovação na narrativa sem trair o enredo. Adorei sua resenha,muito convincente.
    Abraços;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Eu sou a loca das princesas, do tipo que ama e tenta fazer com que todos leiam. Ainda não conhecia esse e já quero! Gosto muito quando as releituras são fieis e aperfeiçoam as histórias clássicas, principalmente por não gostar de alguns detalhes comuns. Tudo o que você mencionou se encaixa perfeitamente aos meus gostos e a capa é maravilhosa. P R E C I S O.

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pela resenha, não conhecia o título, mas a resenha e a história me motivaram a procurar! Abraços,
    http://entrelinhaseafins.blogspot.com/

    ResponderExcluir