Resenha: Vaclav & Lena, por Haley Tanner

14.3.16

Título: Vaclav e Lena
Autor (a): Haley Tanner
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Gênero: Jovem Adulto, contemporâneo
ISBN: 9788580572056

 Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.
 Vaclav e Lena é um livro que estava na minha wishlist há algum tempo, e assim que eu o vi na biblioteca da minha escola eu fiquei louco para lê-lo. Infelizmente o livro não se mostrou nada de especial, na verdade acabou se tornando até mesmo uma decepção, pois eu esperava gostar muito mais desta história.

  Vaclav e Lena vai nos contar nada mais do que a história desses personagens, que nos são apresentados no começo do livro ainda quando crianças. Vaclav e Lena são imigrantes russos que foram para os Estados Unidos na primeira oportunidade que tiveram, Vaclav sendo levado por seus pais, que sempre quiseram um recomeço para a família, e Lena por sua mãe, que mais tarde irá abandona-la nos braços de uma senhora. 

 Vaclav e Lena são crianças extremamente curiosas, e após se conhecerem, passam a explorar o mundo juntos, e é então que se desenvolve um grande laço de amizade e de um amor completamente puro.

 Com o decorrer da história iremos acompanhar o desenvolvimento dos personagens e acompanhar seu crescimento, que em certo momento fará com que uma determinada situação aconteça, e então eles se separem, e é a partir daí que a trama realmente começa a ficar interessante. Mas como nem tudo é um mar de flores, a autora acabou se perdendo entre suas próprias palavras e levando o leitor para o que antes era uma história fofa e agradável, agora não passava de um clichê mal explorado.
 O começo do livro é algo gostoso de se acompanhar, e que eu particularmente gostei bastante, apesar de não ter sido minha parte favorita. Mas o que eu realmente gostei foi o rumo que a história levou depois que os dois se separaram, e é a partir daí que vem a minha maior frustração, pois nas partes em que a autora poderia ter explorado mais a fundo seus personagens, ela repentinamente decidiu correr com os acontecimentos e jogar no leitor inúmeras informações novas, o que fez o livro se tornar algo chato, cansativo, e acima de tudo, um grande clichê.

 Um dos meus maiores sonhos é um dia publicar um livro, e toda vez que eu penso nisso eu penso em como eu quero atingir meus leitores e quais assuntos eu quero abordar, como por exemplo machismo, feminismo, estética, relações familiares, drogas, sexo, e outro diversos assuntos polêmicos ou pelo menos amplos de se discutir. E com esse livro eu acabei percebendo que isso não é uma coisa que eu devo fazer. Foi como se em um determinado momento a autora quisesse introduzir em sua história todos os assuntos geradores de conflitos, e quando você parava para ver o livro estava falando tanto sobre imigração legal e ilegal, quanto sobre tráfico de drogas e sexo, e isso, pelo menos para mim, não foi algo agradável, pois foi como se a autora não conseguisse parar e desenvolver somente um tema, o que acabou deixando vários temas em aberto e mal discutidos. 

 Mas se pararmos para considerar o livro em um geral, ele é bom e a autora sem dúvidas tem potencial, mas para mim ela ainda precisa evoluir um pouco sua escrita para chegar ao nível que ela mostra querer atingir. Vaclav e Lena nos demais é um livro fofo, intrigante e engraçado, mas que deixou a desejar pelo mal desenvolvimento da trama. 

Também poderá gostar de

18 comentários

  1. Oi Gustavo
    Gostei da sinopse, mas parece que faltou algo para despertar meu interesse. Claro que já li vários comentários, sejam positivos ou negativos, e ainda não me decidi se gostaria de lê-lo ou não. Sua resenha me passou novos detalhes que eu desconhecia, muito obrigada por esses detalhes.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu já li algumas resenhas sobre o livro, mas confesso que não me animo com a leitura, pois tive a impressão que sera frustante para mim parar para ler ele, mas que bom que leu, e que pena que ele não atingiu tanto suas expectativas, mas sua resenha está otima.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bem?
    Eu sempre vejo este livro em promoção no submarino por 4,90 e sempre quis realizar a compra, não por conhecer, porque realmente não conhecia até ler sua resenha. Mas, sim pelo valor hahahahaah confesso. Eu fiquei triste que não tenha atendido todas as suas expectativas e torço muito para que você consiga escrever um livro assim como deseja.
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Há um bom tempo atrás vi esse livro em promoção no submarino por 3 reais! Me senti muito tentada a comprar principalmente pela capa que é bem bonitinha, mas uma amiga me disse que não era bom e eu desisti! A vida é curto demais para lermos livros ruins, rs. Desde então vivo vendo resenhas com as notas iguais as suas. Beijos! Flores no Outono

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    O livro parece incrível, adorei! A capa é um amor e muito fofa! ^^

    Vitória, www.vicio-de-leitura.com


    ResponderExcluir
  6. Esse livro está também nos meus desejados desde seu lançamento, nem sei quando foi, acho que dois anos passados. Me senti atraída pela sinopse de imediato, e toda vez que leio uma resenha dele é que a ficha cai que ainda não li a obra desejada.
    Gostei da resenha.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ainda não conhecia o livro, gostei bastante da capa, mas seu conteúdo não me satisfez muito. Então quem sabe um dia eu o leia.

    Frases, Trechos e Pensamentos

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a o livro. Que pena o livro ter sido uma decepção. Quando você disse que é tudo um grande clichê, já passou a vontade de ler. Mas, para além da resenha, juro que quando vejo um blogueiro escrever: ‘peguei na biblioteca da escola’ uso como referência para meus alunos... isso sim é que lindo e digno de ler.

    ResponderExcluir
  9. Oie Gu!
    Que layout bonito do seu blog. <3
    Então, achei legal a sinopse, pena que faltou um desenrolar melhor para você gostar do livro.
    Mesmo ele não fazendo meu gênero, acho que eu o leria. Parece ser um amorzinho kkk.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Não conheci o livro. É tão chato quando não atinge nossas expectativas. Gostei muito da sua honesta resenha. O livro não me interessou bastante,é uma pena.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Já tinha ouvido falar desse livro, é uma pena que você não tenha gostado da leitura. Mas confesso que não tenho muito interesse em ler.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  12. Gustavo, que tristeza!!! Um livro aparentemente tão bom, mas que te decepcionou... Eu nunca nem tinha visto ele, mas fiquei interessada em ler só de ver a capa e ler a sinopse. Agora já não sei o que fazer... Que pena, né!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Este livro também estava em minha wishlist, mas ao ler algumas resenhas tive uma sensação de que estava faltando alguma coisa no livro, sei lá, uma amiga que leu o livro falou que esperava mais do livro.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem? Ainda não conhecia esse livro, mas a trama me despertou interesse em saber como se desenrola. Uma pena não ter suprido suas expectativas. Já li alguns livros em que estava bem curiosa e li em uma semana, mas ao final percebi que era nota 4,0 haha acontece. Vamos aguardar um próximo lançamento da autora. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
  15. Ei, tudo bem?
    Eu estava muito curiosa para ler esse livro, porque tinha visto muitos comentários positivos sobre a história e a capa também tinha chamado minha atenção. Com o passar do tempo acabei desanimando de ler e desfiz do meu exemplar. Os pontos negativos que abordou na sua resenha me fez perceber que eu realmente não ia curtir a leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  16. Ah, que pena que você não curtiu tanto o livro :( Eu tinha gostado da sinopse e achei a capa bem atrativa, mas esse negócio de autores quererem falar de tudo e não falarem nada é realmente meio chato. Espero que quando você terminar de escrever o seu livro você saiba conciliar os temas ;)

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Não li esse livro, mas ameia a sua colocação. Adorei sua forma de avaliar a discussão que o livro deveria ter. Você resenha muito bem!
    Não tinha curiosidade pelo livro, agora tenho certeza que não irei ler!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  18. Parecia até ser um livro interessante, mas quando você disse que ela se perdeu e transformou o livro num belo clichê...
    Acho que você não deve se deixar influenciar por um livro que você considera como "não ter dado certo". Não vejo problema de o livro abordar vários desses temas que você citou, a diferença está em ser bem trabalhado ou não. Se você souber como trabalhar isso, ele ficará maravilhoso!

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir