Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática

24.5.16

Autor (a): Thalita Rebouças | Editora: Arqueiro | Gênero: YA, Chick-lit | Páginas: 269 | Skoob

 Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática é uma história que se resume ao seu próprio título. Tetê é uma garota de 15 anos que acabou de se mudar para a casa de seus avós maternos e está prestes a ingressar no Ensino Médio, o que faz com que ela mude de escola.

 O livro começa a partir do momento em que Tetê apresenta para seu mais novo psicólogo seus dramas e medos escolares, afinal de contas, ela sofreu muito bullying em sua antiga escola, e não quer passar por tudo isso novamente em sua nova escola. Então após seu psicólogo deixar com que ela se abra, e dar várias dicas para a garota, Tetê decide que fará o possível para ser uma garota normal em sua nova escola. Não que ela não seja normal, mas com isso ela quer dizer que pretende ser só mais uma pessoa na sala de aula, aquela que tem pouquissimos amigos e que nunca é o centro das atenções.

 Mas em seu primeiro dia de aula Tetê é completamente surpreendida, quando agindo naturalmente ela faz amizade com Davi e Zeca, dois meninos super fofos e engraçados, que passarão a ser seus melhores amigos de toda a vida. É também no primeiro dia de aula que Tetê se apaixona pelo boymagia da sala, Erick, que para variar namora a menina mais nojenta da escola, Valentina. Com o passar do tempo Tetê irá se meter em grandes enrascadas e pela primeira vez se sentir uma garota normal de 15 anos, com drama internos e familiares, e amigos para os quais ela possa recorrer caso necessite de um ombro amigo. 
 Há tempos eu não me divirto tanto lento um livro quanto eu me diverti lendo confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, esse livro com um título tão grande quanto a vontade de que ele não termine nunca.

 Tetê, ou Teanira, seu nome verdadeiro (que ela odeia), foi uma protagonista que mesmo sendo um pouco ingênua e infantil demais para sua idade, me cativou desde o primeiro capítulo, quando se abre ao leitor contando todas as suas inseguranças, sua relação com seu peso (sim, ela é gordinha), sua relação com a sua família, e o principal de tudo, o quanto ela sente falta de um amigo de verdade. Isso foi algo que me fez refletir bastante, pois para mim sempre foi tão fácil fazer amizades, que eu ao menos conseguia me ver na situação dela, triste por não ter nenhum.

 Esse foi meu primeiro contato com a Thalita Rebouças, e já posso dizer que não vejo a hora de poder ler mais obras suas. Este livro tem uma escrita extremamente informal, mas que é super aceitável pois tem um propósito, que é mergulhar o jovem em sua história. É por isso que eu já adianto que, esse livro é para jovens. Não tem nenhum problema você ser um adulto e ler este livro, desde que você leia com a mente aberta e esteja bem introduzido no mundo dos jovens da atualidade. Caso contrário você certamente irá ficar perdido entre tantas expressões que os jovens não se cansam de usar hoje em dia.

 Uma coisa que me agradou muito neste livro foi a relação da protagonista com a sua família. No começo da história ela tem uma dificuldade enorme de ser entendida pelos seus familiares, com conforme o tempo vai passar e ela começa a ficar mais segura de si e certa de quem ela realmente é, é notável a compreensão que os familiares dela começa a ter sobre ela. E eu acho que é bem assim na vida real, fica muito difícil dos seus familiares te entenderem se nem você mesmo se entende, não concorda?

 Outro ótimo ponto desse livro é a maneira como a história se desenvolve e como a autora trabalha temas que podem ser considerados sérios, com sutileza e humor. Acho que uma das melhores sacadas da autora foi o Zeca, um personagem extremamente cativante e engraçado, que nesse livro é uma espécie de fada madrinha, sempre mostrando não só para a Tetê, mas também para o leitor, que "mudar só um pouquinho por fora pode mexer um muitão por dentro".
Além de tudo ao meu ver a autora merece os parabéns pela forma como ela desenvolveu a história. Eu confesso que esperava um final bem mais simples e clichê, até porque a trama toda não é nada de mais, é só um livro bem humorado que passa algumas reflexões e que acompanha a história de uma adolescente como tantas outras que a gente já viu em diversos livros. Mas o final foi realmente interessante, pois a autora aproveitou os recursos que ela tinha em mãos e criou um final misterioso, intrigante, e pelo menos para mim, bem surpreendente.

 Ah, e Brasil, polo norte e China (quem leu vai pegar a referência), que edição mais maravilhosa é essa? Sério, a editora Arqueiro me surpreendeu muito com o cuidado que eles tiveram com essa obra. A edição está repleta de ilustrações, detalhes super fofos, e o melhor de tudo, receitas. Isso mesmo, receitas de verdade, que são escritas com muito carinho e humor. Um dos maiores hobbies da Tetê é cozinhas (essa é uma gorda digna), e então toda vez que ela cita uma de suas receitas, a mesma é apresentada no livro.

 Para finalizar eu só tenho a dizer que, se você está procurando um livro bem humorado, divertido e que vai te prender do começo ao fim, confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática (meu deus que título enorme) é definitivamente o que você precisa ler agora. 

Também poderá gostar de

21 comentários

  1. Olá,

    Eu não tinha ficado muito interessada nesse livro pois pensei que se tratava de um drama adolescente chato, mas agora com a sua resenha tive outro vislumbre da história e me interessei muito pela protagonista e por todos os dilemas que ela vive. A Editora Arqueiro realmente fez um trabalho com a capa, divulgação e etc. Fico feliz que você tenha gostado tanto do livro.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tudo bem?
    Amo o trabalho da Thalita, pela garra e talento que tem para despertar o interesse do leitor, especialmente os adolescentes, já li várias de suas obras, mas particularmente não acho as tramas dela tão boas assim. Obrigada pela dica, parabéns pelo blog e pela resenha!
    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥
    CD

    ResponderExcluir
  3. Olá, adorei sua resenha. Não sei o motivo, mas nunca li nenhum livro da Thalita Rebouças. Realmente, depois da sua resenha será um pontapé para iniciar um livro dela, que é sempre muito elogiado. Confesso que amo livros de adolescentes, então este entrará na minha estante de próxima leitura ;)
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  4. Gustavo, tudo bem? Adorei sua resenha me fez correr para a livraria. A Thalita Rebouças é maravilhosa, faz tempo que não leio um livro dela e divertido, adorei a dica!
    Parabéns!
    Um abraço
    Daniela Correa

    ResponderExcluir
  5. hum... confesso que achei a fórmula muito prontinha, sem nada de inovador no enredo que me fizesse sentir vontade de engatar a leitura... acredito não fazer parte do público alvo da publicação...
    bjs...

    ResponderExcluir
  6. Assim que li o titulo pensei a mesma coisa! kkkkkk Amei sua resenha, parabéns! Confesso que o livro me ganhou pela capa( Olha eu julgando pela capa) Mas devo dizer mais uma vez que sua resenha está ótima e que ela me conquistou, ou seja, obrigada por me ajudar ir a falência, pois esse tbm vai pra lista! kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Oi, como vai? Que resenha mais fofa! Eu amei o título, só que realmente é muito grande, af. Já li um livro da Thalita e ela e uma ótima escritora, fala sobre adolescentes como ninguém. Além de tudo, eu amo um clichê, cercado de muito humor.
    Tô louca para ler o livro!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem?
    Eu to louca para ler esse livro a algum tempinho já, desde que vi o lançamento e agora você vem com essa resenha incrível. Preciso dele na minha estante huahuahau
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Chorei de ris com o título dessa obra...um pouco dramática é ótimo, depois de tudo que a garota mencionou que ela é.
    A premissa parece ser muito boa e sua resenha ficou show, dá ainda mais vontade de ler. Valeu a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Quero ler esse livro pela linda capa, mas depois de ler sua resenha sei que a história tb merece ser lida rs. Adoro personagens divertidas e a tete seria de cara uma grande amiga!!!
    Espero poder ler em breve esse livro e conhecer a protagonista,.

    ResponderExcluir
  11. A capa e a diagramação do livro estão incríveis. Mas não sei se o leria por achar um pouco clichê até demais. Precisaria de um desafio para tentar, pois realmente não me apeteceu rsrs. Mas sua resenha está ótima e as fotos deixaram o post lindo!
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie
    que linda sua resenha, eu acabei de receber o livro num kit lindo e estou muito curiosa porque curto a autora e depois da sua resenha só fiquei mais curiosa, bela dica e espero gostar tanto quanto você

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu achei essa capa simplesmente maravilhosa, mas eu infelizmente não consigo ser cativada pelas premissas dos livros da Thalita Rebouças. Espero muito que algum dia eu consiga ser conquistada por alguma obra dela, mas sinto que os livros dela não me atingem.

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem? Nunca li nada da autora, mas confesso que desta vez a capa; o título e a sua resenha me chamaram a atenção. Fiquei muito interessada em ler, coloquei nos desejados já!

    ResponderExcluir
  15. Eu nunca tive muita vontade de ler os livros da Thalita Rebouças, mas no último encontro da Arqueiro, no Rio de Janeiro, eu tive o privilégio de conhecer a autora. E, nossa, que mulher cativante! Engraçada, bem humorada, muito simpática. Fiquei com vontade de ler os livros dela só por ter conhecido sua personalidade e a pessoa incrível que a Thalita é :)

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu já li um livro da autora em parceria com o Mauricio de Souza e simplesmente amei!!! Estou louca para ler esse livro também, só o título já nos deixa no clima da história. Gostei muito de saber que é divertido, que traz valores familiares e dramas que a maioria dos adolescentes vivem. Tenho certeza de que irei amar esse também!!! Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu estava me questionando se deveria ou não ler esse livro, sério. Mas depois da sua resenha, eu acho que não tem a menor possibilidade de eu não gostar dessa leitura, mesmo a autora não sendo uma das minhas favoritas.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Não me interessei muito pelo livro, a temática da história não me atraiu e, acima de tudo, achei bem clichê. Entretanto, é um livro que indicaria para algumas amigas que gostam da Thalita.

    ResponderExcluir
  19. Oieee
    Já tentei ler livros da Thalita e não consegui gostar, achei muito adolescente para mim. Pela sua resenha esse parece ser um pouco mais maduro e por isso pretendo ler. A Arqueiro da um show na diagramação, fiquei apaixonada nessa capa.

    Jéssica Rodrigues
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  20. Oiii
    Nunca li nada da autora. Até então nada tinha me chamado a atenção.Mas tenho que confessar que esse despertou meu interesse! Gostei muito da premissa e pelo fato de ser um livro divertido eu tenho certeza que vou gostar!
    Bjus

    ResponderExcluir
  21. Amei a resenha fiquei empolgada para ler! não vejo a hora do meu chegar!!!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir