Resenha | Além-mundos

14.7.16

Autor (a): Scott Westerfeld | Editora: Galera Record | Gênero: Fantasia, YA | Páginas: 544 | Skoob

 Esse foi sem dúvidas o livro mais original e incrível que eu li esse ano. Até agora estou me perguntando por que demorei tanto para me aventurar nas histórias do Scott Westerfeld.

 Além-mundos é resumidamente dois livros em um. Como assim? Bom, nesse livro a Darcy, nossa protagonista, é uma jovem de 18 anos que acabou de fechar um contrato com um editora que comprou os direitos de publicação do seu livro e da sequência. Após várias conversas com seus pais, Darcy consegue adiar sua entrada para a faculdade e, com o dinheiro que recebeu pela editora (que se chama Paradox), ela decide se mudar para Nova York, onde fica a matriz da editora e onde ela terá tempo de sobra para revisar seu livro até o prazo de entrega, e começar a escrever a sequência, que para seu desespero também já tem prazo de entrega.

 O livro de Darcy se chama Além-mundos, e conta a história da Lizzie, uma garota que durante um ataque terrorista dentro de um aeroporto, consegue se fingir de morta tão bem ao ponto de passar para o lado dos mortos, o Além-mundos. Assim que ela chega nesse universo paralelo, ela é recebida por um jovem chamado Yamahaj, que faz questão de explicar tudo o que aconteceu e que agora ela é uma psicopompo, o que é uma espécie de guia do além-mundos, alguém que ainda está vivo no mundo material mas que pode e deve passar para o além-mundos com o objetivo de ajudar novos fantasmas, pessoas que morreram no mundo material e que chegam lá completamente perdidas. 
 Como eu citei antes, esse livro é um grande dois em um, porque acompanhamos as duas histórias intercaladamente, de maneira que um capítulo é a história da Darcy em sua jornada por Nova York, e o outro capítulo é a história de seu livro, o além-mundos.

 Eu não sei se eu que sou um pouco atrasado e ignorante a ponto de nunca ter visto um livro assim, ou se realmente foi algo extremamente original, eu só sei que amei esse livro do começo ao fim. O que me surpreendeu de verdade foi ver o tanto de resenhas negativas sobre esse livro quando eu terminei de ler, e é aqui que eu começo a defender além-mundos com unhas e dentes.

 Os maiores argumentos das pessoas que não gostaram do livro foi dizer que o autor fez parecer que o processo de publicação de um livro é extremamente fácil, quando na verdade não é. Sem falar que muitos acharam irreal o fato de uma garota de 18 anos conseguir um contrato de publicação sem tanto esforço. O que eu tenho a dizer sobre isso é: ou vocês leram o livro sem prestar atenção, ou vocês tem serios problemas de interpretação. Eu sei que essa frase pode parecer bastante ofensiva, e eu peço desculpas, mas sinceramente, eu realmente não consigo entender da onde vocês tiraram tudo isso. Quanto ao fato de que o autor fez tudo parecer fácil demais, eu só tenho a dizer que vocês estão enganados, pois ao meu ver o autor deixou tudo muito claro sobre essa questão. A Darcy é uma menina que tem esse exato pensamento assim que consegue fechar o contrato. Ah, a história já está escrita, agora eu só preciso sentar por mais um mês e escrever loucamente a sequência. Mas com o decorrer da história vamos vendo que não é só esse o processo de publicar um livro, não é simplesmente escrever e TCHARAM! Depois de escrever uma história você precisa passar pelo longo e dífcil processo de reescrever, e sem contar que no fim de tudo, o livro não vai estar do jeito que você pensou inicialmente, pois a editora também quer vender, e para isso ela pode fazer algumas exigências que podem mudar completamente o rumo da sua história. Ah, e quanto ao fato de que ela é jovem demais, vocês deveriam pesquisar mais na internet sobre autores jovens que são publicados por grandes editoras e tem um sucesso enorme. No Brasil mesmo esse número de autores jovens está crescendo cada vez mais, até mesmo porque hoje em dia temos jovens super talentosos que começam escrevendo fanfics em sites como o Wattpad. Então por favor, não me venham com essa desculpa!
 Defendendo o livro dessa forma, todos vocês devem imaginar que eu darei 5 estrelas para o livro, mas infelizmente não posso fazer isso, e isso se deve ao fato de que o livro da Darcy não me ganhou da mesma maneira que ela conseguiu. Além-mundos não é um livro ruim, mas é de certa forma bastante genérico. Mas sabe o que eu acho mais legal sobre isso tudo? Foi simplesmente perfeito Além-mundos ser um livro genérico, afinal de contar, estamos falando de um livro de uma adolescente da atualidade, uma adolescente que escreveu seu livro em um mês durante o NaNoWriMo (sim, também achei isso incrível), e seria bem estranho se fosse um livro super original e extremamente bem escrito.

 Acontece que em alguns momentos do livro eu me via revirando os olhos quando mais um capítulo do além-mundos começava, pois para mim era muito mais interessante acompanhar a Darcy em sua jornada como escritora por Nova York do que acompanhar o seu livro sobre fantasmas e romances sobrenaturais.

 Mas no geral, o livro é simplesmente incrível. Scott Westerfeld conseguiu criar um livro fantástico e com muitas críticas ao universo dos YA's de uma forma sútil e engraçada. É um livro que tem tudo para agradar qualquer leitor, desde que ele não veja tudo como um problema e que ele entenda as críticas por trás das duas histórias. 

Também poderá gostar de

14 comentários

  1. Nossa que intenso, e que maravilhoso essa resenha foi. Que animação heim? Já vi algumas resenhas desse livro mas confesso que não me sinto atraída por ele a esse ponto, mas quem sabe um dia eu de um crédito a ele e leia para ter minhas próprias conclusões, amei sua resenha e suas fotos. Parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Fiquei interessada pela premissa desse livro, realmente parece ser bom. Pela sua resenha a leitura foi bem gratificante e acho que vou acabar investindo, embora eu tenha lido outros livros do autor que não me agradaram tanto.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Gustavo, comprei esse livro por que fiquei curiosa com a história, mas ainda não consegui me concentrar, mas lendo sua resenha fiquei com mais animo. Scott tem uma forma bem peculiar para escrever. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oiii

    Esse livro desde o lançamento me deixa bem curiosa porque é algo que pode acontecer mesmo, é medonho mesmo. Li só Feios do autor e mal consegui terminar o livro de arrastado que achei, desde então tenho ficado receosa com seus livros, mas poxa esse parece tão promissor, e sua resenha mostou isso, que quero mesmo conferir.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho esse livro do Scott, mas tenho que confessar que ainda não tive coragem para ler. Mas vi que você gostou bastante da leitura. Acho que vai ser próximo da minha lista.

    Emerson
    www.literaturanews.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Eu também nunca tinha ouvido falar de ''Dois livro em um''. Eu gostei do livro, apesar das criticas que você meio que citou que as pessoas falam, eu concordo plenamente com seu ponto de vista, apesar de nem ter lido ainda. Acho que essa personagem tem muito o que me surpreender e eu estou disposta a embargar nesse livro com todo meu coração.

    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  7. Oi! Tudo bem?

    UAU, como você escreve bem! Fiquei impressionada. Nunca tinha ouvido falar nesse livro e gostei da maneira como foi escrito. Para mim, parece-me bem original mesmo. Já o adicionei em meus desejados!! Achei a foto que você postou muito linda, parabéns. :) Eu fiquei curiosa para tirar minhas próprias conclusões quanto as críticas feitas pelos leitores citadas na resenha. E sim, foi um tanto quanto ofensiva sua argumentação, mas isso faz parte. rsrs

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem? Que resenha mais incrível, você escreve muito bem. Acredito que seja normal leitores gostarem ou não de determinado título, afinal as pessoas têm anseios, expectativas diferentes, isso acontece em relação aos livros também. Eu por exemplo evito ler livros com temas que podem gerar discussões, gosto de temas mais amenos, onde o importante seja a história, como um romance, um drama, ou mesmo aventura. Ainda não conhecia esse livro, mas gostei da indicação. Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Acho que as críticas que se referem ao autor dizer que foi tudo muito fácil é relacionado a autora ter conseguido publicar tão fácil, tipo ter conseguido um contrato assim, como se fosse na padaria comprar pão. Pelo menos é sobre isso que tenho visto as críticas. Mas ainda não li o livro, por isso não posso opinar sobre isso. Mas pretendo fazer isso em breve. Em geral, não gosto de livros extensos, mas como ele é "dois em um", acho que a leitura pode ser bacana. E acho que você foi a primeira pessoa dizendo que preferia a história da autora, todas as outras histórias diziam que preferiam acompanhar a menina do livro sendo escrito. Mas acho que a literatura está aí para isso, para gerar questões e que bom que cada um tem sua opinião e nada é unânime :)
    Beijos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, como vai?
    Realmente eu me apaixonei perdidamente pela sua resenha, mas não sei se leria a obra em si, de certa maneira ela não desperta muito meu interesse, não fazendo com que eu leia. Quem sabe um dia eu realize a leitura apenas por curiosidade.
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
  11. OIII
    To lendo esse livro! To na paginá 140 e por enquanto não sei dizer de qual história estou gostando mais. Ainda acho tudo um começo, uma introdução. Achei o modo de contar duas histórias bem legal e inovador.
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Achei este livro muito legal, até vi na livraria mas como não conhecia, acabei não comprando.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  13. Esse livro parece louco rsrs.
    Achei estranho e isso me deixou curiosa... vai entender rsrs.
    Ps.: Amo o livro da sua foto de perfil.... Tigres :)

    Jéssica - Coração Leitor

    ResponderExcluir
  14. Que premissa boa! Acho que se fosse pela capa eu não seria fisgada pelo livro, mas sua resenha me laçou. Fiquei muito interessada, vou dar uma chance.
    Ótima resenha, muito empolgante.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir