Cinema | Inferno

25.10.16

filme inferno wallpaper banner dan brown adaptação
Direção: Ron Howard | Data de lançamento: 13 de outubro de 2016 | Gênero: Suspense, Policial

 Baseado no livro de Dan Brown, Inferno é o quarto mistério protagonizado pelo simbologista Robert Langdon (Tom Hanks), sendo entre eles o terceiro a ir para as telonas de todo o mundo. Com um enredo de tirar o fôlego (algo comum entre as tramas de Brown), este é um filme que além de te deixar de olhos arregalados, te fará questionar o mundo e a sociedade em que vivemos.

 O filme começa com Robert acordando em um hospital em Florença sem se lembrar do que aconteceu nos últimos dias. Entre alucinações e muita confusão, ele conhecerá a doutora Sienna Brooks (Felicity Jones), alguém o ajudará a escapar de alguém que está tentando elimina-lo. Aos poucos Robert descobrirá o porque de ele estar em Florença e o porque o estão perseguindo.

 Aparentemente, Robert é a única pessoa capaz de descobrir onde de encontra um dispositivo criado pelo cientista Bertrand Zobrist (Ben Foster). Que dispositivo é esse? A chave para a liberação de uma praga. Zobrist acredita que a superpopulação mundial será a grande causa da destruição do nosso planeta, por isso, inspirado pela peste negra, ele criou uma praga que tem potencial para em pouquíssimo tempo acabar com grande parte da população mundial.

 Agora que, aos poucos, Robert está recuperando suas memórias, ele seguirá uma série de pistas feitas com base no Inferno de Dante, que o levará até a praga. E como já se é de esperar, o grande inimigo do simbologista mais uma vez é o famoso tempo, afinal de contas, Zobrist se suicidou, mas não sem antes programar o dispositivo para liberar a praga o mais rápido possível.
filme inferno cinema dan brown adaptação robert langdon sienna wallpaper banner movie
 Sou um mega fã de Anjos e demônios, e confesso que estava esperando um filme tanto quanto inferior afinal de contas, pra super anjos e demônios o filme tem que ser realmente muito f*da. Mas felizmente não foi o que aconteceu, já que Inferno se mostrou um dos melhores filmes que eu assisti nesse ano.

 Tenho que começar dizendo que eu não acho as ideias do Zobrist uma loucura. Eu sei que é uma ideia absurda querer dizimar mais do que a metade da população mundial, mas sinceramente, o que será do nosso planeta daqui a 50 ou 60 anos? Até quando a nossa natureza terá que sofrer pelos maus causados por essa sociedade materialista e imoral? Essa é a grande sacada da obra. Até quando o nosso planeta suportará tantos seres humanos? 

 É muito estranho, porque sempre que eu me questiono sobre essas coisas, eu só consigo me posicionar junto ao Zobrist, mas ao mesmo tempo, é uma ideia completamente absurda matar tantas pessoas inocentes por elas simplesmente viverem da maneira que o sistema incentiva. Talvez seja esse o propósito do filme, fazer com que os telespectadores se questionem e saiam da sua zona de conforto.

 Agora, voltando ao filme propriamente dito: que trama incrível. Eu sempre me surpreendo com a maneira que o Robert desvenda os enigmas e símbolos ao longo de sua jornada, me faz questionar se um simbolo pode realmente esconder tantos significados distintos.

 Outra coisa que me agradou demais nesse filme foram os plot twists. Não sei se é porque eu realmente sou meio lerdo, ou se é porque foram plot twist muito bem elaborados, só sei que eu não esperava por nenhum deles. Principalmente o ... que me pegou completamente desprevenido.

 Por fim, só tenho a dizer o quanto Inferno me satisfez. Esse é um filme que vale a sua ida ao cinema, afinal de contas, ele dificilmente o decepcionará. Com uma trama empolgante e repleta de críticas, Dan Brown mostra mais uma vez o porque de ser tão aclamado entre a crítica e o público em geral. Definitivamente um filme que você precisa assistir

Também poderá gostar de

0 comentários