Did we kill Hannah Baker?

21.4.17

 Após o BOOM! de 13 reasons why, acredito que a pergunta que não sai da cabeça de todos é: Eu matei Hannah Baker? Bom, essa resposta é muito particular, mas a grosso modo, sim, nós matamos Hannah Baker.

 Quantas vezes não tiramos sarro da cara de alguém pelo simples fato de nos acharmos no direito de fazer aquilo? Pelo simples fato de nos sentirmos superiores? Quantas vezes não inferiorizamos alguém por suas vestimentas ou seus ideias? A verdade é que nós fazemos isso até hoje, e o pior de tudo, muitas vezes sem se dar conta.

 Uma das grandes observações da série é que muitas vezes na nossa cabeça aquele comentário não passa de uma "brincadeira", mas na cabeça da outra pessoa aquele comentário tem um peso enorme, um peso do qual não entendemos porque estamos na posição de opressor, e não de oprimido. Ah, isso não se aplica a mim, eu sempre fui vítima de bullying na minha escola. Bom, se você pensou exatamente isso, então minha conversa não é com você. Mas agora se você não pensou nisso, ou pensou simplesmente como uma ferramenta para se vitimizar e se esconder atrás da culpa, então meu querido, saiba que você pode sim se tornar um dos motivos que ajudou a destruir a vida de alguém.

 Mas agora me diga, como você se sente com isso? É bom saber que neste momento um gay pode estar preso dentro do armário porque você o fez acreditar que ser quem ele realmente é, é algo errado? É bom saber que neste exato momento uma menina pode estar se olhando no espelho com vergonha do próprio corpo porque você fez com que ela acreditasse que é feia? É bom saber que alguma menina se sente obrigada a esconder seu corpo por conta do desconforto que ela sentiu ao te ver a olhando como se fosse um frango assado exposto na padaria? E como é saber que tudo isso não muda absolutamente nada na sua vida? 

 Não adianta reprimir alguém por sua orientação sexual ou julgar alguém por sua aparência física. Não adianta inferiorizar alguém para inflar seu próprio ego e sua própria imagem. No final das contas isso não te leva a lugar algum. No final das contas, isso só te faz alguém vazio e superfícial, alguém cercado de "amigos" que só estão ao seu lado por seu status e suas posses, alguém que para não ser inferiorizado, decidiu inferiorizar.

 Mas sabe de uma coisa, eu não os culpo totalmente por suas atitudes, afinal de contas, somos criados em uma sociedade que nos ensina que para não sermos oprimidos, devemos oprimir. Somos criados em uma sociedade onde os nossos próprios pais nos incentivam a assediar mulheres na rua, ou então à "ser melhor" do que a filha invejosa da vizinha. Somos criados em uma sociedade onde devemos seguir padrões se quisermos ser bem vistos e bem sucedidos. Somos criados em uma sociedade hipócrita, opressora e desumana. 

 Uma das coisas que eu senti ao assistir 13 reasons why é que nós, telespectadores, somos o décimo quarto motivo da Hannah ter desistido de sua vida. Representamos a humanidade na qual ela perdeu as esperanças. Mas eu não perdi as esperanças, ainda não. Eu ainda acredito que algum dia todas as pessoas que habitam este planeta viverão em harmonia com as diferenças. Mas para isto acontecer nós precisamos mudar nossa forma de pensar e de agir. Para isto acontecer, nós não podemos nos tornar o motivo de alguém.

Também poderá gostar de

0 comentários