Como eu concilio os estudos, o trabalho e o blog?

14.3.18

Foto de: Matthew Henry
 Conciliar os estudos, o trabalho e o blog não é novidade para mim, afinal de contas, isto já faz parte da minha rotina há mais de um ano. Entretanto, neste ano existe um novo elemento que demanda boa parte do meu tempo e da minha disposição: o vestibular. Pois é, ele sempre pareceu algo bem distante para mim, mas agora ele chegou, e ou eu me dedico para passar ou eu terei que aguardar no mínimo mais 6 meses para ingressas na faculdade, algo que definitivamente não quero.

 Como eu sei que muitos de vocês também estão passando por essa mesma situação, eu decidi compartilhar a minha forma de conciliar tudo isso. É claro que nem todos que me acompanham também possuem um blog, mas acredito que muitos de vocês, agora que estão no terceiro ano do ensino médio, precisam conciliar os estudos com pelo menos mais alguma coisa que ocupe boa parte da sua rotina. 

 Inicialmente é necessário que falemos sobre a organização. Pois é, eu sei que nem todo mundo têm aquela paciência e disposição para separar todos os livros por ordem de sobrenome de autor, ou então as roupas por cores e tons diferentes, mas quando falamos em conciliar tarefas que exijem bastante de nós, é extremamente importante que adquiramos uma organização mais eficaz. E quando eu digo eficaz eu não estou dizendo que você precisa organizar tudo igual às fotos que vemos no Pinterest, você só precisa de um método de organização que funcione para você. Portanto, se você gosta de anotar suas tarefas em agendas, anote! Se você não gosta e prefere usar o bloco de notas do celular, não tem problema, use! Existem inúmeros métodos de organização disponíveis na internet e outras inúmeras ferramentas que podem te auxiliar no dia a dia, é só pesquisar, testar e ver quais são as que melhor funcionam para você. O que não vale é usar aquele típico discurso de eu entendo a minha bagunça, porque no fundo todos nós sabemos que você não entende é coisa nenhuma. 

 Ainda falando sobre organização, uma coisa que têm funcionado muito para mim são as checklists. Até o final do ano passado checklist para mim se resumia a compras em supermercados, mas ai eu descobri que inúmeras pessoas utilizavam este método para organizar os estudos, as tarefas diárias, as tarefas do trabalho, etc. Com o tempo eu criei o hábito de utilizá-las, e hoje em dia não consigo mais viver sem. A grande questão da organização é que independente do método ou da ferramenta que você utilize, inicialmente ela sempre será algo chato de se fazer, pois você ainda não possui o hábito. A partir do momento em que isto se torna um hábito, você passa a ver as grandes melhorias que tudo isto traz para a sua vida. 

 Eu não sei do trabalho e da função de cada um, mas pelo menos o meu não requer eu realize atividades relacionadas ao trabalho fora do meu ambiente corporativo. É por isto que a minha maior preocupação acaba se voltando aos estudos. No final do ano passado eu decidi tirar alguns dias para pensar em estratégias que eu poderia adotar para não ter que passar os finais de semana em casa com a cara nos livros. A primeira coisa na qual eu pensei foi: por que estudar em casa o que eu posso estudar na escola? Com este questionamento eu percebi que inúmeras coisas que eu deixava para estudar em casa, poderiam ser estudadas na escola, que já é o ambiente próprio para isto. Sabe um hábito terrível que eu carreguei durante todos os meus anos de estudante? Nas aulas vagas, ao invés de fazer atividades de outras matérias ou revisar conteúdo, eu sempre optava por ficar conversando com os amigos. É claro que isto não é de todo o mal, mas precisamos aprender a dosar, e foi justamente o que eu fiz. Agora eu aproveito cada minuto na escola para revisar e aprender o máximo de conteúdo que eu consigo, e já adianto que até o momento tem dado muito certo

 Outra mudança muito importante que eu decidi fazer neste ano foi trocar os meus cadernos por um fichário. Quando eu era menor eu tinha muita vontade de usar fichário ao invés do caderno, mas por ser uma pessoa desorganizada eu sempre acabava desistindo por pensar que não conseguiria organizar todas as folhas, as matérias, etc. Porém, como para este ano uma das minhas metas já era me tornar uma pessoa mais organizada, eu decidi que estava na hora de comprar um fichário e aprender a utilizá-lo. Quer saber o resultado? Eu não tenho a menos pretensão de voltar a utilizar caderno! Além de carregar menos peso na bolsa, é muito melhor na hora de poder revisar o conteúdo e também de fazer anotações nas aulas. 

 Ah, e já que eu falei em anotações, é importante dizer que a última mudança relacionada aos meus estudos neste ano foi a troca do meu método de anotação, que deixou de ser aquele método clássico e passou a ser o método Cornell, que se diferencia dos demais pela forma como a folha é divida para que sejam feitas as anotações. Se vocês quiserem eu posso fazer um post futuramente explicando como eu utilizo o método Cornell para as minhas anotações diárias e para os resumos. 
 Bom, essa é a hora em que vocês me perguntam: e onde entra o blog nisso tudo? Este, até o momento, está sendo o mais difícil de se encaixar na minha rotina. Eu não estou conseguindo conciliar o blog com os demais elementos da forma que eu desejo, mas acredito que isto não é algo totalmente negativo. Essa é outra coisa muito importante de ser observada dentro de uma rotina: nós não precisamos conciliar mil coisas ao mesmo tempo, e mesmo que precisemos, algumas coisas simplesmente não se encaixarão, pois outras requerem muito mais do nosso tempo e do nosso empenho.

 O que eu tenho feito para não deixar o blog completamente desatualizado é estar sempre pensando e anotando ideias para novos posts, e aí quando surge um tempo livre eu consigo desenvolvê-lo sem muito esforço, afinal de contas, já adiantei uma parte do processo de criação. Ademais, uma dica muito importante que eu queria dar para todos é: aproveite os pequenos momentos livres para resolver as coisas mais simples. Neste ano, por exemplo, eu estou tendo que ler alguns livros que foram solicitados pelo meu professor de literatura, e como eu não tenho um grande intervalo de tempo na minha semana para sentar e ler com calma, eu optei por estar sempre lendo nos percursos entre escola - trabalho e trabalho - casa, e por mais que nem sempre eu consiga ler bastante, é muito melhor ler 20 páginas por dia do que não ler nada durante a semana toda. 

 E eis que chega o fim de semana. Ai vocês devem pensar que eu durmo até 12hs, faço as tarefas de casa e depois vou estudar novamente, né? Pois bem, vocês estão errados. Desde o ano passado que eu estabeleci um acordo comigo mesmo, que é não abrir mão de todo o meu lazer por conta dos estudos ou do trabalho, então eu meio que estabeleci uma regra de sair um dos dias do fim de semana (geralmente aos sábados), e no outro eu tiro o dia para descansar, fazer minhas atividades da escola e estudar para o vestibular. 

 Eu sei que lendo tudo isso parece que é uma rotina impossível e que eu não tenho tempo sequer para respirar, mas na verdade aos poucos eu estou conseguindo encaixar tudo de uma forma que não seja prejudicial para a minha saúde nem para o meu bem-estar. Eu prezo pelos meus estudos assim como prezo pelos meus rolês aos fins de semana. E sabe de uma coisa? É isso que importa. O importante é você estar contente e satisfeito consigo mesmo e com a vida que está levando.Não adianta passar um ano inteiro abrindo mão de tudo aquilo que te faz feliz para se dedicar aos estudos. O vestibular é algo importante? Com certeza. Ele define a pessoa que você é? Definitivamente não!

  • Compartilhe:

Você também pode gostar desses aqui

3 comentários

  1. Organização é essencial para que os dias possam ser produtivos, no meu caso, tenho o brechó, faculdade e muitos livros para ler. No começo eu ficava desnorteada e sem saber o que fazer, mas ter uma agenda foi essencial na minha vida (é o que funciona para mim), tenho uma agenda do brechó e uma pessoal e da MUITO certo, hoje meu dia rende demais, leio 5 livros de uma vez sem ficar perdida entre eles, consigo trabalhar muito bem e estudar pra faculdade, ainda sobra tempo pros rolês.
    Ah, quero muito saber mais sobre esse metodo Cornell, parece ser bem interessante, otimo conteudo Gus
    ASS:@gridiz_ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi In, que ótimo te ter por aqui <3
      Fico muito feliz que você também esteja se tornando uma pessoa bem mais organizada, isso real torna nossos dias mais produtivos. Quanto a isso dos livros: ME ENSINA, amo ler mas confesso que bugo pra ler mais de um ao mesmo tempo.

      Ah pode deixar que vou fazer um post sobre o método Cornell sim!

      Beijos e obrigado pela visita <3

      Excluir
  2. Eu não sou a pessoa mais organizada do mundo, tento ao máximo não me perder em meio a tanta bagunça, acontecimentos, e-mails, propostas e conteúdos para alimentar o blog no máximo que posso, sabes que me esforço muito pelo meu blog. Ainda estudo, e o ensino médio tá sendo extremamente estressante e me tirando muito do sério, e isso quase nunca aconteceu, talvez por estar trabalhando em equipe com pessoas que jamais tinha trocado uma palavra. Amo muito coisas organizadas e mesmo fazendo tudo isso apenas com a mente: descartando coisas e sentimentos inúteis, dando importância ao que realmente importa e trabalhar mais naquilo que vai dar fruto, as vezes a mente dá um bug.

    Beijos do Deivy!
    www.blogdodeivy.blogspot.com

    ResponderExcluir